Mitologia Egípcia - deuses e deusas

Os antigos egípcios não fugiram à regra: creditaram os fenômenos naturais, incluindo a vida e a morte, à vontade dos deuses. Viam divindades em animais e em situações do cotidiano, como o nascer do sol ou o caminhar de um escaravelho. No período faraônico achavam que o próprio rei fosse o filho ou a encarnação de um ser supremo. E havia muitos deles - praticamente cada cidade tinha seu próprio panteão. Com a aglutinação dessas cidades durante o processo de formação do Egito como nação, os deuses foram se somando e se modificando. Para diminuir a confusão, os sacerdotes passaram a organizar o panteão em grupos de três (as chamadas tríades), de oito (ogdóades) e de nove deuses (enéades). A enéade de Heliópolis e as tríades de Mênfis, Tebas e Elefantina estão entre as mais importantes da mitologia egípcia.

Os templos não eram locais abertos à oração - isso ocorria somente em datas festivas, quando o povo seguia a imagem do deus em procissão. Muitos mantinham santuários e provinham cultos privados em suas casas.

Os deuses egípcios assumiam várias formas: humanas, animais ou mistas, conforme seus poderes e suas características. Eles eram capazes de dar proteção, de garantir boas colheitas e de zelar pela vida após a morte - mas também podiam aplicar castigos aos humanos caso não recebessem a atenção e as oferendas necessárias.



Simboliza o Sol e o universo


MAAT
Emanação de Rá: ordem
cósmica e justiça


TOT
Deus da Lua, da cura, da
sabedoria e da escrita


SHU
Deus do ar, primeiro
filho de Rá


TEFNUT
Deusa da umidade,
casou com o irmão Shu



BASTET
Deusa da sexualidade
e do parto


GEB
Deus da terra, filho
de Shu e Tefnut


NUT
Deusa dos céus, casou-se
com o irmão Geb

Por serem respectivamente deuses do céu e da terra, Nut e Geb sempre são representados juntos. Nut está sempre acima de Geb da mesma maneira que o céu esta acima da terra.

NUT e GEB



ÍSIS
Protetora e mágica,
mulher do irmão Osíris



OSÍRIS
Deus e juiz do mundo
dos mortos


NÉFTIS
A morte: desposou seus irmãos
Set e Osíris


SET
Deus do caos, matou o 
irmão Osíris


HÓRUS
Protetor dos faraós
e das famílias


ANÚBIS
Guardião da passagem
para o mundo dos mortos




Referência bibliográfica:


Aventuras na História - Edição Especial; Egito - O guia definitivo da civilização mais misteriosa de todos os tempos. Edição 94-A, maio de 2011, Editora Abril; São Paulo, SP.




Nenhum comentário:

Postar um comentário