quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

ESSÊNCIA É MAIS IMPORTANTE



A sociedade de hoje é marcada pelo imediatismo. Ela exige resultados imediatos. O que não se enquadra a essa exigência é atropelado, relegado, muitas vezes marginalizado. Infelizmente tal tendência afeta em alguns momentos até mesmo setores da comunidade evangélica, produzindo movimentos precipitados, sem consistência, vazios de conteúdo. às vezes a forma é perniciosa, mas em outras situações não. Contudo, mesmo ela não sendo má, uma vez enfatizada a forma sobre o conteúdo, este é relegado ou distorcido aos poucos, provocando resultados igualmente terríveis. Enfim, métodos têm sua importância, mas o conteúdo sempre é o mais importante.


Se esse princípio fosse melhor observado em nossos dias, muita pouca bobagem seria feita em nome do Evangelho. Há muitos que, em nome de objetivos bons, aceitam todo tipo de método, sacrificando o conteúdo para se chegar rapidamente a resultados que, na maioria esmagadora das vezes, são frágeis, absolutamente questionáveis. Pela Palavra de Deus compreendemos que a mensagem, o conteúdo, a essência, deve sempre estar acima da forma, do meio.

A Palavra de Deus não pode ser torcida ao sabor dos nosso humores, mas nós é que devemos nos submeter por inteiro às Sagradas Escrituras, nossa única regra de fé e prática. Quando isso acontece, começamos a viver e a pregar o que precisamos, e não exatamente tudo o que queremos.

A mensagem deve ser cristocêntrica, não humanista. Nada de antropocentrismo. Todas as decisões devem ser respaldadas pela Palavra de Deus. O ser deve sobrepor-se ao ter. Os fins não devem justificar os meios, mas os meios devem ser tão justos quanto os fins desejados. A humildade deve preceder a honra. A vida de serviço deve ser nossa característica natural. O partilhar deve superar o anseio por possuir. A essência deve ser mantida a todo custo. A fé deve vencer o mundo.

As palavras de Cristo em seu célebre Sermão da Montanha ainda estão ressoando em nossos ouvidos: "Mas buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas", Mt 6.33.


Referência Bibliográfica:

Revista Resposta Fiel, ano 6, nº 22, DEZ - JAN- FEV/ 2007, Casa Publicadora das Assembleias de Deus, Rio de Janeiro, RJ.

2 comentários:

  1. Precisamos correr nesta busca incansável da presença de Deus com corações sinceros, deixando de lado as "fórmulas" humanas rumo ao alvo certo que é Jesus. Deus abençoe a cada um de nós. Somos peregrinos na terra (Heb. 11:13) rumo a pátria verdadeira (Fil. 3:20). Que o Senhor Jesus continue te usando.

    ResponderExcluir
  2. Me falaram que Jesus era 100% homem e 100% Deus , ate ai tudo tranquilo mais o que me deixou confuso foi que quem morreu na cruz foi tanto o o Jesus homem quanto o Jesus Deus . Queria a ajuda dos irmao ai .

    ResponderExcluir